Jornal o Evangelho - O cristão bem informado!

Notícias/Polícia

Carreta derruba passarela e interdita trânsito na BR-262 em Juatuba

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) orientou os motoristas organizando o fluxo de veículos.

Carreta derruba passarela e interdita trânsito na BR-262 em Juatuba
Reprodução redes sociais
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Motoristas que circulavam pela BR-262, na altura de Juatuba, região metropolitana de Belo Horizonte, enfrentaram um inesperado congestionamento na rodovia. O trânsito ficou praticamente parado, principalmente no sentido a Juatuba nesta terça-feira (25). A causa do transtorno foi a queda de parte de uma passarela, que dificultou a passagem de veículos.

O incidente ocorreu quando uma carreta, transportando um equipamento cuja altura excedia o limite da passarela, colidiu com a estrutura, provocando sua queda. De acordo com testemunhas que registraram o ocorrido em vídeos, o trânsito ficou completamente parado por cerca de 20 minutos. Funcionários da empresa responsável pelo transporte da máquina agiram rapidamente para remover os escombros da via, permitindo a liberação parcial do trânsito.

Até o momento, não há informações sobre feridos no local. A pista segue parcialmente interditada, e a previsão para a completa liberação do trânsito ainda não foi informada pelas autoridades. A queda da passarela gerou um grande transtorno para os motoristas, que tiveram que aguardar a liberação da via sob calor intenso e sem previsão de normalização imediata.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) orientou os motoristas organizando o fluxo de veículos. É recomendado que os motoristas evitem a região, se possível, buscando rotas alternativas para evitar maiores transtornos.

A empresa responsável pelo transporte do equipamento deverá prestar esclarecimentos sobre o incidente e pode ser responsabilizada pelos danos causados à infraestrutura da rodovia.

Assista o vídeo postado pelo Jornal Hoje em Dia:

FONTE/CRÉDITOS: Jornal A Gazeta da Serra
Comentários:

Veja também