Jornal o Evangelho - O cristão bem informado!

Notícias/Belo Horizonte

Pirulito da Praça Sete amanhece de camisinha

A iniciativa é da Associação das Prostitutas de Minas Gerais com apoio da Prefeitura Municipal em comemoração ao Dia Mundial de Luta contra a Aids

Pirulito da Praça Sete amanhece de camisinha
Pirulito da Praça Sete recebe camisinha — Foto: Reprodução/TV Globo
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Hoje, quarta-feira (1º), é comemorado o Dia Mundial de Luta contra a Aids e, em Belo Horizonte, um de seus principais cartões postais, o Pirulito da Praça Sete, ganhou uma camisinha, através de uma iniciativa é da Associação das Prostitutas de Minas Gerais (Aprosmig) com apoio da Prefeitura Municipal.

A intervenção é uma ação de conscientização sobre os cuidados na prevenção de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), e a colocação do preservativo foi colocado na estrutura para chamar a atenção de quem passa pelo local.

Em vários pontos da capital, principalmente no entorno da zona boêmia, haverá entrega de material informativo sobre ISTs e HIV/Aids. A ação será realizada das 13h às 18h, seguindo as normas sanitárias de controle da Covid-19.

Já em contagem a Secretaria Municipal de Saúde promove mutirão de testagem rápida para ISTs. Algumas Unidades Básicas de Saúde estendem o horário de atendimento, das 7h às 19h, e o Centro de Testagem e Aconselhamento – CTA do Iria Diniz, das 7h às 19h.

Na parte da manhã será realizada em frente a CAE Iria Diniz, Avenida João César de Oliveira, 3.620, Eldorado, blitz educativa com o apoio da TransCon e do Movimenta Contagem, que dá orientações aos pedestres e motoristas sobre prevenção e tratamento para ISTs e Aids, além da distribuição de preservativos. Às 15h, haverá apresentações culturais com uma ocupação simbólica do prédio.

Ações de conscientização contra HIV/Aids e as ISTs marcam Dezembro Vermelho em Betim
A campanha Dezembro Vermelho é realizada durante o último mês do ano, em todo o país, como forma de mobilizar a população pela prevenção ao HIV/Aids e às outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). O dia 1º do mês é marcado como o Dia Mundial de Combate à AIDS, data em que o mundo une forças para a conscientização sobre a doença e suas formas de prevenção.Em Betim, ao longo de todo o mês de dezembro, a prefeitura promoverá ações educativas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), com a distribuição de material informativo, orientações em salas de espera, realização de testes rápidos, além da distribuição de preservativos. Os usuários podem procurar a UBS de referência para conferir a programação das atividades.Em parceria com o Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual, durante a 2ª Jornada da Diversidade LGBTQIA+, será a realizada a blitz de prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), que contará com orientações, distribuição de folder informativo e de preservativos. A blitz ocorrerá nesta quarta-feira (1º), na Praça do Encontro - entre as avenidas Edmeia Matos Lazzarotti e Juiz Marco Túlio Isaac.Dados epidemiológicosEm 2021, foram notificados 107 novos casos de  HIV/Aids em adultos residentes de Betim. Em 2020, foram 128 notificações de novos casos. Já em 2019, o município registrou 175 novas notificações.Quanto às Hepatites virais, os casos confirmados em residentes de Betim nos últimos anos foram:Vírus B2019 - 732020 - 492021 - 10Vírus C2019 - 552020 - 172021 - 8Vírus B+C2019 - 22020 - 02021 - 0Fonte: SINAN/SVE BETIM dados parciais, atualizados em 30/11/2021, sujeitos à alteraçãoRede de Atendimento em BetimNo SUS Betim, o Programa IST/Aids e Hepatites Virais promove, durante todo o ano, ações de prevenção às ISTs e ao HIV/Aids, estimulando o diagnóstico e o tratamento precoces dessas doenças. As ações envolvem toda a rede de atenção à saúde.As 37 UBSs do município oferecem atendimento com aconselhamento para prevenção do HIV e demais ISTs, a realização do teste rápido de HIV, Sífilis e Hepatites B e C, por meio de agendamento, além da distribuição de preservativos. Nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) são recebidos os casos de acidente com materiais biológicos e de exposição sexual consentida. São fornecidos medicamentos para profilaxia pós-exposição de risco de infecção pelo HIV (PREP). O Serviço de Prevenção e Assistência em Doenças Infecciosas (Sepadi) é a unidade que realiza o atendimento ambulatorial multidisciplinar aos pacientes infectados, com médicos infectologistas, enfermeiros, psicólogos, farmacêuticos e assistentes sociais. Nesse serviço são realizados os exames clínicos e o tratamento da doença, com a dispensação de medicamentos antirretrovirais e para infecções oportunistas, além do acompanhamento ambulatorial necessário. No Spadi também são realizados os testes rápidos para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, além do aconselhamento para prevenção da contaminação. 
 
FONTE/CRÉDITOS: Jornal O Evangelho
Comentários:

Veja também