Jornal o Evangelho - O cristão bem informado!

Notícias/Polícia

Tiroteio em quadra de futebol em Betim deixa dois mortos e dois Feridos

Câmeras de segurança instaladas no local registraram o momento do tiroteio.

Tiroteio em quadra de futebol em Betim deixa dois mortos e dois Feridos
Reprodução vídeo das câmeras de segurança do local
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um tiroteio ocorrido na noite da última quarta-feira (29), véspera do feriado, causou a morte de duas pessoas em um campo de futebol no bairro Vila Presidente Kennedy, em Betim. As vítimas fatais foram identificadas como Geovane Rocha Carvalho, de 20 anos, e Admilson Ferreira Amorim, de 36 anos.
De acordo com informações da Polícia Civil de Minas Gerais, uma equipe de perícia foi deslocada ao local para coletar provas que irão subsidiar a investigação do caso. Em nota, a corporação informou que os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Betim e liberados aos familiares em seguida. As motivações e a identidade do autor dos disparos ainda estão sendo apuradas.
Câmeras de segurança instaladas no local registraram o momento do tiroteio. Nas imagens, é possível ver diversas pessoas jogando bola e assistindo à partida. Próximo ao balcão de um bar, com mesas de sinuca e cadeiras ao fundo, um homem usando capacete de moto e blusa cinza aparece entre a multidão e começa a atirar. Geovane Rocha Carvalho, que seria o alvo principal, foi atingido e morreu no local.
Admilson Ferreira Amorim, que usava tornozeleira eletrônica, também foi baleado e não resistiu. Segundo a Polícia Militar, Amorim não era o alvo do atirador, mas estava próximo a Geovane e acabou sendo atingido.
Além das duas vítimas fatais, outras duas pessoas ficaram feridas. Um homem de 38 anos foi baleado em uma das pernas e socorrido para o Hospital Regional de Betim, onde seu estado de saúde não foi divulgado.
Nas cenas registradas, o atirador é visto perguntando por alguém antes de se aproximar de Geovane e disparar várias vezes. Após os primeiros tiros, as pessoas começam a fugir, mas o atirador continua a persegui-las, mexe em uma moto estacionada, observa as pessoas que ficaram abaixadas no bar e, em seguida, sai correndo, dando a volta no campo.
A Polícia Civil segue investigando o caso para identificar o autor dos disparos e entender as motivações por trás do crime. 

FONTE/CRÉDITOS: Jornal O Evangelho
Comentários:

Veja também